Saiba as novidades de 2019 no Programa Minha Casa Minha Vida

Este Programa do Governo Federal é uma oportunidade para famílias com renda de até R$ 1.800 (faixa 1), até R$ 2.600 (faixa 1,5), até R$ 4.000 (faixa 2) e até R$ 7.000 (faixa 3), comprarem seu imóvel com menos burocracia.


São até 30 anos para pagar o imóvel novo ou na planta, com taxas de juros não abusivas, que varia de 5 a 8,16%. Lembrando que imóvel usado é financiado somente no Programa Carta de Crédito FGTS.


A principal novidade deste Programa de Habitação Popular divulgada pelo Ministério das Cidades na edição extra de 31 de dezembro de 2018, do Diário Oficial da União, é a redução do valor dos subsídios concedidos individualmente na aquisição da casa própria para famílias com renda de até R$ 2.600.


O governo, também, aumentou o teto do valor dos imóveis para R$ 122 mil (para cidades com mais de 100 mil habitantes, como é o caso de Caraguá), bem como, o valor do desconto de R$ 31 mil para quem se enquadra na faixa 1,5. Nas faixas 2 e 3, os limites foram mantidos e o valor do imóvel financiado é de R$ 180 mil (cidades com mais de 100 mil habitantes) com desconto de R$ 20 mil pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Portanto, os subsídios podem ser obtidos nas faixas 1,5 e 2 do Programa, no qual não é cobrada taxa de administração. Na faixa 3 não há subsídio e há cobrança de taxa de administração.


Para saber o valor teto do município onde deseja financiar o imóvel, basta consultar a tabela no site da CAIXA:

www.caixa.gov.br

6 visualizações

Engenheiro João Fonseca, 500 - Bairro Sumaré  Caraguatatuba, SP

© 2019 Construtora Tabaporã. All rights reserved. | Agência Gentecom